sábado, 22 de setembro de 2007

Datsun 120Y - Veios de transmissão, falanges e muita confusão...

Hoje a parte da manhã foi dedicada ao 120Y do André. O carro foi comprado há uns meses e desde logo acusou uma vibração na transmissão. A barreira dos 80 km´s/h parecia a entrada em velocidade "Warp", pois todo o carro estremecia de alto a baixo com uma intensidade que deixava adivinhar que o problema seria o veio de transmissão empenado ou pior ainda...Assim que metemos a traseira no "ar", foi só engrenar a 4ª e verificar o que se iria passar...O veio de transmissão, enquanto rodava, fazia um movimento de oscilação de aproximadamente 5mm para cima e para baixo e o conta-quilómetros marcava apenas 20km/h, imaginem agora a 80...Por termos duvidas em relação ás cruzetas, óptamos por trocar de veio e foi aqui que começaram as novidades...O veio que tinhamos para trocar era de uma carrinha SunnyB310, e apesar de ser igual, teimava em não encaixar na falange do diferencial. Após inspeccionarmos tudo com atenção, descobrimos que a falange tinha sido modificada (á direita na foto), e não deixava que o veio encostasse como devia. Fomos buscar a falange da B310 e descobrimos que as estrias eram mais largas. E ainda dizem que é tudo igual... A solução foi encontrada num diferencial de um 1200 que andava por ali perto, mas na hora de montar, descobrimos isto: As estrias são iguais, mas a furação que segura o veio é diferente. Dois a zero para o Datsun...Perto da hora do almoço o panorama era este: três falanges diferentes, dois veios que não serviam, um carro desarmado e uma solução que não aparecia. Para ajudar á festa, os veios de 1200 ( que eu tenho a certeza que tenho algures...) estavam tão bem guardados que não os encontramos em lado nenhum, e precisavamos de um... Parecia dificil de resolver, mas não foi. Bastou ligar para o meu irmão (maniaco dos 1200 ???) e pedir um emprestado para exprimentar. Resumindo: Um veio de um 1200 com a falange de um 1200 foi quanto bastou para eliminar a tão indesejada sensação "Warp". Apesar de ter um rolamento a "cantar", o diferencial estava agora muito mais sossegado, e o carro já começava a parecer um Datsun, "pianinho" sem "tremeliques"...
Para já, esta foi a solução, mas brevemente vamos reparar o diferencial como deve ser e corrigir todas as anomalias que possam existir.
Há várias lições a tirar deste dia: Primeiro é preciso gostar destes carros (antigos) para os arranjar em condições, caso contrário estamos a "atamancar"; Segundo: lá por serem todos Datsun, não quer dizer que seja tudo igual entre todos (sinceramente, eu tambem achava que dava tudo uns nos outros...) e terceiro: é nestas alturas que verificamos que todas aquelas peças velhas e ferrugentas que guardamos teimosamente no sótão, servem para para alguma coisa..., nem que seja para desenrascar alguem, que tal como nós, teima em ir mantendo o "velhinho" na estrada...
Boas curvas para o André e obrigado ao Sérgio pelo veio do 1200.
RT



5 comentários:

ratoAx disse...

Boas, comprei recentermente um 120y de 1974 de 2 portas preto ja com jantes 13´... Gostei do Blog pois ja vi que voces sao autenticos datsun maniacos... Gostaria ja agora de perguntar se sabem onde procurar peças originas tais como tapetes, forros de portas, bancos, etc...existem datsun com ums "cover" de plastico preto no vidro traseiro...axam que é muito dificil de comprar um? cumps e continuem o bom trabalho...

Sandro Soares disse...

è so para vos mandar um abraço dos açores, tenho um carinho especial pelo 120y, foi o meu primeiro carro infelizmente na altura desfiz-me dele e hoje doí-me o coração quando vejo um, logo que possa prometi a mim mesmo adquirir um.
Sandro

Anónimo disse...

Boas amigos sou da zona de Sintra e tambem tenho a (mania) dos Datsuns 120y tenho 2 de duas portas um original e um com motor do Nissan Syvia 1.8 turbo que é o meu menino querido infelizmente não consigo a homolgação para ele mas é o pais que temos , força ai e força nos 120y que são umas verdadeira maquinas abraços Pedro Ferreira.

Jorge Manuel disse...

Amigos: Tenho um Datsun 120Y de 1974 há bastantes anos que era do meu pai. Tenho bastante estima por ele. Resolvi recuperá-lo e já o mandei pintar da cor original (azul escuro)Agora queria saber de que tecido era o forro do tejadilho( napa creme com furinhos? ou tecido folanela?)Também necessito de alguns acessórios originais. Quem me ajuda? Obrigado.
J. Azevedo

Jorge Manuel disse...

Datsun 120Y.Deixei o meu comentario e pedido de ajuda há pouco. Também estou na zona de Sintra e gostava de me encontrar ou contactar com o Pedro Ferreira, ou outros amigos que me possam ajudar a recuperá-lo.
J.Azevedo