terça-feira, 27 de maio de 2008

A viagem mais louca do mundo - II

Após sairmos de Esposende as coisas começaram a melhorar. O painal do rádio apareceu dentro de um saco da roupa, o dínamo parecia que ia aguentar mais qualquer coisa, ou então já se tinha desintegrado, mas como a luz continuava apagada, continuamos......até aqui. Não me lembro do nome da localidade (não tenho o diário comigo...), mas sei que era na estrada que liga Esposende a Viana do Castelo. Não podia deixar de parar...Um parque todo vedado, mas com um recheio de ficar pasmado. Sinal de que os clássicos já são negócio por todo o lado...
-Fiat 1100 ou 1200. Os entendidos em Fiat que me confirmem qual dos dois é que usava aqueles frizos laterais porque eu não me lembro...
Claro que tambem havia um Mini...Um Vauxhall, acho eu...Era só escolher o modelo favorito... ...de quatro ou duas rodas......pequenos ou grandes......mas sempre antigos! Infelizmente não apurei mais dados nenhuns acerca deste sitio, mas deve haver por ai quem saiba alguma coisa, não???Uma "Vai cinco"... A cara de espanto do Sr. da foto deve-se a duas coisas. Porque é que alguem estava a fotografar a sua motorizada, e que barulhão era aquele que saia do Minizito vermelho que parou ali??? Pois..., há cada figura mais triste...E mais uma...Calor, muito calor..., mas não podiamos ir ao norte sem cá passar.Neste dia de 40º foi uma verdadeira promessa chegar lá acima com o Mini. O ponteiro da temperatura parecia que ia entrar em órbita......, mas tudo acabou bem! Subimos, descemos, e ainda conseguimos mais um segundito para a foto. O dínamo estava mesmo a estoirar de vez...O resto da tarde foi de descanso para a máquina. Aproveitámos para passear pela cidade porque vale sempre a pena, Viana do Castelo é sem duvida uma das cidades mais bonitas da Europa......e não só pelos monumentos e pela paisagem. Para um apreciador, estas obras tambem são turismo. Temos o turismo balnear, turismo rural, turismo de habitação, e agora temos o "turismo da ferrugem". É inevitável tirar fotografias de todos os carros antigos que encontramos. Um 120Y com umas jantes muito giras e fora do vulgar. Podia ignorar isto??? O fim de semana estava no fim, o que queria dizer que no dia seguinte teria que ir á procura de um sitio que reparasse o dínamo ou me vendesse um, senão estávamos mal...
Total de km's do dia: 91
RT

Chrysler Windsor - A fénix renascida...

É sempre uma alegria ver mais um clássico salvo da sucata, e desta vez o sortudo foi um Chrysler Windsor já nosso conhecido...Mais uma vez saiu debaixo daquele telheiro, e desta vez para sempre... Só espero que o seu irmão tenha a mesma sorte, até porque estou a contar dar uma ajuda para o ver a trabalhar, só para dar mais uma voltinha num carro destes...Lindo!!! Até numa hora de amargura este carro consegue ter estilo e imponência...Segundo consta, vai rumar para o sul, ali para os lados do Pinhal Novo... A esta foto chamei de: " David e Golias", porque visto daqui o Mini parece um "Micro Machine" em relação ao Chrysler..., bem..., até é!!!Uma das ultimas fotos da era ferrugenta, pois o destino é muito promissor. Adivinha-se um regresso em breve, mas doutra forma...Chrysler Windsor, mais uma fénix renascida...

RT

segunda-feira, 26 de maio de 2008

A viagem mais louca do mundo...

Bom dia. Este post vai ser o mais longo de todos os que já fiz, e vai ser feito por "episódios", pois o que há para contar é tanto que não tenho tempo de o fazer num só dia. Só fotos foram mais de 1500, mas não as vou mostrar todas...Podem ficar descansados. O tema é uma viagem mitíca que fizemos no Verão de 2006 com o nosso 850 e que, sem sabermos, transformou-se numa das maiores e mais espectaculares aventuras que já fizemos com um Mini. Não havia destino nem objectivos, tinhamos apenas um Mini, 15 dias, e alguns euros no bolso para gastar...! O relato vai ser feito do ponto de vista de um amante dos classicos e não do vulgar turista, por isso não estranhem se aparecerem mais carros e motos antigas do que monumentos...O diário da viagem que elaborámos vai revelar-nos alguns aspectos interessantes acerca da viagem, mas tambem nos vai ajudar alguns nomes e situações que de outro modo não eram relembradas hoje. Vou fazer o melhor que sei e espero conseguir dar uma ideia do que foi esta jornada, mas o principal é que vos dê tanto prazer lê-la como deu a mim fazê-la, e começa assim...
Dia 1 - Sábado , 26 de Agosto de 2006

- 08:00 Saida da Venda do Pinheiro. Depósito atestado, pneus verificados, revisão feita e vontade de passear. O tempo estava mesmo ideal. Como queriamos passar em Arouca para visitar umas pessoas, apontámos ao norte...Este iria ser um dos dias mais estranhos da viagem, mas não temos muitas fotos, apenas vos posso contar que ao fim de meia hora de viagem rebentou-nos um tubo de água que nos levou de volta a casa para o reparar, e só depois de tirar o capot é que me apercebi que a fuga vinha do tubo respirador do radiador. A ansiedade da viagem nem nos deixava ver as coisas com calma...Resolvido o assunto voltámos á estrada com 2 horas de atraso, pois tinhamos combinado estar em Arouca por volta do meio dia e já tinhamos perdido aquele fresquinho matinal de que o Mini gosta. O jeito agora era "apertar" um bocadinho. Da Venda do Pinheiro a arouca, parámos apenas na area de serviço de Antuã para deixar o carro arrefecer um pouco, porque a velocidade cruzeiro de 100 km/h num 850 num dia tão quente é obra. Quando chegámos á portagem, o carro começou a fazer um barulho tipo biela a "cantar". Pareciam estragadas as férias...Afinal foi o rolamento do dínamo que não aguentou e desfêz-se todo. De certa forma fiquei aliviado, mas não podia deixar o motor ir ao relanti porque o dínamo começava a roçar por dentro e chegava mesmo a trancar...Não tinha nada desse género suplente no carro! O resto do dia foi passado a andar devagarinho em direcção a norte, sempre pelo litoral, á procura de um sitio para passar a noite. Lotação esgotada em todo o lado e nós com o dínamo naquele estado que parecia que ia voar a qualquer momento...Acabámos por chegar a Esposende já perto das 11 da noite. Mini arrumado e amanhã logo se vê...
Dia 2 - Após um dia de por os nervos á flor da pele, lá decidimos arriscar mais um pouco e andar mais para norte. Era domingo e não havia oficina nenhuma aberta, por isso mais valia aproveitar o dia. Arranjámos um pau para fazer rodar o dínamo cada vez que punhamos o motor a trabalhar...
Quando parecia que tudo estava melhor, demos por falta do painel destacavel do rádio que iria tocar os nossos CD's durante a viagem. Estava dificil...Para acalmar os animos, fomos dar uma volta pelas praias lindissimas da zona e começaram a aparecer destas coisas...Parecia posta ali para a fotografia...Apesar de tudo, conseguimos arranjar um sorriso para a eternidade, porque a vontade de rir era pouca. O carro parecia uma betoneira a trabalhar e nem musica tinhamos para abafar a coisa...
Fim do primeiro capitulo.
Total km's do dia: 605
RT

quinta-feira, 22 de maio de 2008

O blog e os e-mail's.

Caros amigos: Nem sei bem como expôr a conversa, mas a verdade é que apenas hoje fui ver o mail da Classic Car Garage, e devo dizer que fiquei apavorado. Em janeiro tive um problema com o meu computador, que entre outras coisas, desconfigurou a minha conta do outlook, onde recebia todos os meus mail's. Hoje encontrei centenas de mail's por responder da CCG e lamento imenso que isto tenha acontecido. Ao que pude ver, o problema já se arrasta desde janeiro, e dessa altura para cá não respondi a ninguem, pois julgava não ter ninguem a quem responder o que quer que fosse. O mal está feito, mas encontrado. Vou responder a todos, (alguns com meses de atraso...) e espero sinceramente que ainda vá a tempo. Peço-vos alguns dias para o conseguir fazer.

Obrigado

RT

O Mini e a natureza.

Como muitos de vocês sabem, mudei de casa muito recentemente, e aliás ainda estou a mudar, porque estas coisas não se fazem num dia... Muita gente me tem perguntado como é que é possivel eu querer largar a vida da cidade, deixar a minha casa e a minha oficina para trás, ficar longe dos meus amigos, só para ir morar para um sitio que quase não aparece no mapa, e ter que começar tudo de novo, aparentemente sem um motivo especial...A resposta não é fácil, e seriam precisas algumas horas de conversa para entenderem o meu ponto de vista, mas em vez de falar, vou mostrar-vos uma pequenissima parte do que me levou a tomar esta decisão de vir morar para Pedrogão Grande. Ora vejam uma amostra de que posso encontrar mesmo aqui ao lado de casa todos os dias... O unico som que ouvimos é o da água que corre pelos ribeiros abaixo ao encontro da barragem, interrompido esporadicamente pelo grasnar de um corvo selvagem ou de uma garça que mergulha para pescar...
O cheiro a mato e pinhal enche o ar á nossa volta, e a brisa suave que sopra de norte tráz um ar fresco e puro que apetece levar para casa...Demorei dois segundos a tirar esta fotografia, mas fui parar o motor do Mini apenas para apreciar em pleno toda esta mistura de sensações, especialmente na companhia de tão nobre viatura...
É preciso dizer alguma coisa??? Agora imaginem esta cena com um Moke, a caminho de uma pescaria ou pic-nic á beira da água, num ameno dia de primavera..., Existe melhor maneira de apreciar um Mini???
Pode não ser o ponto de vista mais comum ou apreciado, mas nem tudo é competição, concursos ou corridas. Aqui tudo acontece mais devagar, mais simples..., mas até mesmo isso é apenas mais uma maneira no meio de tantas outras de "curtir" os nossos carrinhos...
Não pensem que deixei de gostar de competições e reparações e derivados. Apenas encontrei uma forma incrivel de complementar tudo isso. Espero contudo vir a melhorar ainda mais esta nova etapa, porque tambem não consigo estar muito tempo sem mexer no oleo queimado, na caixa de velocidades, no carburador, etc...
Os planos incluem uma nova oficina, mas ainda é cedo para falar nisso. O melhor mesmo é ir apenas apreciando o "Mini e a natureza"...
RT

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Rampa de Figueiró dos Vinhos

Ok, Vamos lá ver se é desta. O amigo Artur Fonseca deixou-me a informação de que a rampa de Figueiró dos Vinhos sempre se vai realizar, mas no fim de semana de 7 e 8 de Junho. Verifiquei junto da organização e confirmam-se as informações. Portanto, a partir deste momento não têm desculpa para não aparecer e apreciar , tal como tinha dito antes, uma das melhores provas de desporto automóvel em Portugal.

Um traçado de elevado nivel técnico, um lote de participantes de luxo e uma paisagem que só aqui se pode encontrar, tornam esta prova numa expriência que vão querer repetir de certeza. Aproveitem para conhecer os locais magnificos que existem nas redondezas, e ao mesmo tempo desfrutar do prazer de assistir a mais uma edição da " Rampa de Figueiró dos Vinhos".

A organização é do "Clube Automóvel da Marinha Grande" - http://www.camg.pt/


Grandes máquinas e grandes pilotos... Quero agradecer a todos os que me ajudaram com esta questão das datas, especialmente ao Joaquim e ao Sr. Artur Fonseca, que demonstraram uma grande atenção e um sentido de entreajuda de louvar. Muitissimo obrigado
Rui Tiago




sábado, 17 de maio de 2008

Minis MK1 - O site

Para quem tem um Mini mk1 (59 a 68, mas todos são aceites...) e gostaria de saber mais alguma coisa acerca dele, aqui fica um site inglês dedicado aos Minis, mas com especial incidência nos mk1. Dedicado sobretudo á competição, este site possui dezenas de fotos e informações técnicas detalhadas dos Minis de competição e seus preparadores das decadas de 60 e 70. Podem encontrar ainda um fórum bastante concorrido, que conta com a presença de alguns pilotos ingleses que ainda hoje correm com Minis mk1. É sem duvida um dos melhores sitios para resolver uma duvida ou pedir um conselho sobre qualquer coisa que se relacione com qualquer tipo de Mini.

Compra e venda de peças, história do desporto automóvel e um fórum muito técnico, fazem deste site um dos melhores que tenho visto ultimamente. Exprimentem que vale bem a pena!!!

http://mk1-performance-conversions.co.uk/mk1_index.htm

RT

Jantes de Minis - Novo site.

Quem tem um Mini e gosta de jantes especiais, já tem mais um sitio onde encontrar informação acerca deste tema. Contem explicações importantes acerca das caracteristicas das jantes, e até ensina como referir o "offset".
Centenas de modelos diferentes de todas as medidas e feitios. É sem duvida um site a visitar.
RT

quinta-feira, 1 de maio de 2008

De volta...

Tal como prometi, o mês de Maio ia ser marcado como o mês de regresso aos post's, e por coincidência, foi logo no 1º dia...
As mudanças continuam, e achei interessante mostrar parte dessas mesmas "andanças", até porque ajudam a entender algumas das minhas razôes em estar tão ausente...Ainda nâo comecei a mudar a "artilharia pesada" (moteres e companhia), mas aproveito cada viajem para ir trazendo mais alguma coisita. De certeza que no fim vai custar menos...
A mala do meu Clio nunca esteve tão bem recheada...
É sempre estranho começar tudo de novo, mas tambem há a hipotese de rever "velhas amizades"..., tais como estas jantes que passaram os ultimos três anos penduradas numa prateleira mesmo por cima da bancada sem que eu as visse...
..., e estas tambem! Ainda vai demorar até ter tudo preparado para trabalhar como eu gostaria, mas vai valer a pena, pois os planos são mais ambiciosos que da ultima vez. Esperem para ver...
Para já, e por uma razão lógica, a prioridade vai recair sobre o Moke, que aguarda pacientemente por cuidados. O verão está ai não tarda e a zona convida muito ao passeio de descapotável..., será desta???
O pintor já está notificado e o estofador já vai ter que fazer esta semana, resta arranjar algum tempito vago para dar um jeito na mecânica, mas isso agora é outra conversa...
Até breve...
RT