sexta-feira, 21 de outubro de 2011

C.C.G. - Let there be light...

Bom dia. Sem deixar passar mais uns meses em cima, tenho mais um post que quero partilhar convosco. É um post interessante, pois mostra uma nova fase de minis com fartura, e como já devem saber, é mesmo disto que eu gosto...Claro que preferia mostrar-vos tudo isto dentro de umas instalações todas XPTO, mas para já ainda tem que ser assim, á moda antiga...
..., e é á moda antiga que vos apresento o meu mais recente Mini, em todos os aspectos. Nascido em 1981, com toda a documentação em ordem, assim como a declaração de venda, este 1000 já foi vitima do cancelamento de matricula, mas ainda assim espero poder fazer alguma coisa dele, pois se é verdade que a ferrugem já entrou bem, uma análise mais profunda mostra que pouco mais se trata do que paineis podres... ...porque a estrutura está bem sólida, com a vantagem de nunca ter batido. Todos os paineis são originais e apesar de ter sido todo pintado de branco (grelhas e para-choques), não está assim tão mau. Claro que não precisava de mais nenhum Mini cá em casa, mas vê-lo ir para o fardo também não era a melhor solução. Pode ser que algum milagre aconteça. Já não era o primeiro...E por falar em milagres, aqui está um bom exemplo do que pode ser a determinação em ter um carro destes. Este invulgar 1000 de 69 foi recentemente adquirido por alguém com menos de metade da idade do carro, que fala dele como quem fala de uma obra de arte de valor incálculavel, que merece ser estimada e preservada como se mais nenhuma existisse. E não existe mesmo. Cada Mini é um Mini, e todos eles, de uma forma ou de outra, estão á semelhança e gosto dos seus proprietários, tornando-os só por si, unicos e individuais, no meio do que teima em ser esta viscosa e espessa multidão em que nos querem a viver, onde cada um se torna isso mesmo, apenas mais um... É isto que torna o automóvel clássico ( entre outras coisas...) num objecto especial. É a sensação de prazer que os rodeia, o gosto em tê-los, em conduzi-los, em olhar para eles apenas... É a liberdade de ser diferente! É por isto tudo e muito mais que o Mini é tão importante... ...e importante também é ver que a "corrente" não parte. Este outro 1000 também está a precisar de alguns cuidados, especialmente a nivel dos travões, para evitar desgostos. Com um restauro muito bem excutado, este simpático Mini está muito bem conseguido a nivel estético, com um look muito clássico e desportivo, apesar de sóbrio. As jantes Ronal ficam muito bem no conjunto, e será só uma questão de tempo até o vermos ainda melhor, por estas estradas da região... Mas nem tudo são noticias felizes. Este outro 1000 já perdeu o estatuto de automóvel á muito tempo, e apesar do gosto que tenho por eles, o golpe de mesericórdia foi desferido por uma "grifa" no tejadilho. Antes de ser carregado para cima de uma carrinha...

...o 1000 estava direito, mas claro que por pouco tempo. A corrosão era já muito grave e mais não havia a fazer do torná-lo dador. A sorte disto tudo é qua as más noticias de uns, quase sempre são boas para outros...

...porque sei que a alguns milhares de quilómetros daqui, existe alguém que espera por aquele charriot traseiro á muito tempo. Um abraço para o amigo Fernando...


Já reparam que a Homer também já ajuda? É o primeiro Mini que tem em cima (acho eu...), mas fiquei muito agradado em saber que cabe. Um Clubman deve ser á justa, e duvido seriamente que uma IMA caiba com o taipal fechado, mas para uma carrinha que esteve para ser desmanchada, está é muito bom... Tem dado um jeitão cá em casa, e é muito gira de conduzir. Depois mostro mais em pormenor. Para já tenho que resolver outro pequeno problema.....no Rekord do Fausto. Umas folgas na direcção andavam a aborrecer á demasiado tempo......e tem que ser desta. Apesar de parado demasiado tempo por ano, o Rekord merece estar ao melhor nivel......que este tipo de carro representa. Olhem só como ficavam as Minhas GOTTI 13" aqui montadas. Não parece o "General Lee" dos Dukes? Mesmo de 4 portas e bordeaux, o Rekord devia ficar altamente só com estas jantes montadas...


E por falar em montar, tivemos que voltar ao mini vermelho......onde um parafuso mais renitente em sair, não deixava desmontar de vez o charriot (isto foi um trocadilho um bocadito seco...). Neste caso foi bom saber que o carro vai para a sucata, porque de outra forma......ia ser complicado ter que explicar isto a alguém. Infelizmente esta situação de porcas descravadas é comum, e acreditem que não é fácil resolver isto sem usar a força......que neste caso pouco importa.
E é assim meus amigos, que se vão passando os dias aqui na C.C.G., e acreditem que muita coisa fica por mostrar, mas as novidades são estas e é por aqui que ficamos.


Um grande obrigado aos meus seguidores, que em vez de desaparecerem enquanto estive parado, ainda foram aparecendo cada vez mais. Espero que continuem a gostar!



Um abraço:


RT

2 comentários:

Anónimo disse...

Rui
Grande foto essa que agora tens no teu Blog.
Abraço JM

Anónimo disse...

Mais, mais é mais... So peço isso!

Simplesment adoro este blog,cada vez que "aqui passo", e vejo novos post's fico a fervilhar um pouco antes de comçar a ler. Acho porreiro o facto de publicares um pouco da sua vida, um enorme gosto, pelos classicos minis( e de outros tambem) e ainda o que deles faz. Sem duvida que se inicialment seria um hobby, definidament deveria ser a tempo inteiro. Os conhecimentos que demonstra ter havera gente que necessit. Deixo tambem os PARABENS pelo blog e força na continuaçao dele, pois as novidades so assim saberei...

tudo de bom por ai e muitos e bons post's..

Deste seguidor n¤ 999999