sábado, 12 de março de 2011

Motor Mini 1275 cc.

Bom dia.
Hoje continuámos com o motor do Fernando, e enquanto a limpeza das peças continuava em força, decidi preparar a tampa da distribuição para os requisitos finais. A tampa do 1300 GT (ADO16) serve no Mini, mas tem dois apoios que não são necessários, por isso podem sair, e desta forma contribuir para uma melhor imagem do conjunto depois de montado no lugar.
Retira-se o metal em excesso...
...e sobra isto. Claro que o motor também fica diferente...
...e mais discreto. Estes apoios não têm lugar no Mini, mas a caixa...
...tem e muito! Uma 22G1128 do 1000 foi a caixa escolhida para a montagem, faltava apenas "desencascar" toda aquela camada de sujidade do cárter...
...que habilmente se enfiou em todo o lado. Para substituir os retentores...
...retiramos as falanges com o tal saca "home-made", e seguimos para outra parte do conjunto. A cabeça 12G940 de 11 pernos estava pronta para o passo seguinte...
...que era a desmontagem das válvulas, molas e vedantes...
...seguida da limpeza de juntas...
...para a descarbonização final. Ficou perfeita...
...tal como o bloco. Restavam ainda muitas peças para preparar, pelo que não demorou a começar outra etapa do trabalhos. As tampas, cárteres e acessórios tinham que ser limpos...
...fosse como fosse! Escova de aço novamente, e...
...começa a parecer algo! Enquanto a vida seguia "lá fora"...
...as coisas cá dentro também estavam em marcha. As válvulas limpas...
...e a cabeça pronta para a pintura davam o mote para o que viria a seguir...
..., os carburadores. Estes "Twin SU 1 1/4" foram os escolhidos para a montagem, mas antes de mais nada precisam de uma limpeza/reparação séria e cuidada, que começa com um bom...
...mergulho em petróleo para amolecer toda a sujidade. Com viagem a Lisboa este FDS, só voltarei ao trabalho lá para Quarta ou Quinta, mas...
...pelo menos algo está melhor. O motor 1275 cc. já está na fase "ascendente" do restauro. Agora é só uma questão de tempo, que desta vez existe...
Um abraço.
RT

5 comentários:

Anónimo disse...

Agora sim ,as coisas prometem ,vamos lá dar vida a esses motores,Classic Car Garage em grande,boa continuação é o que se quer ,abraço minicargarage.

Manuel Luis disse...

Sempre metido em trabalhos com prazer. O mini do Ricardo esta pronto, já fez inspecção do tipo B.
Hoje foi o encontro em Faro depois da chuva apareceram aprox. 30 o que é muito bom.
Bom trabalho.

alex disse...

Eu também estou na fase de montar o meu motor,e antes disso limpar algumas peças. A minha tampa da embraiagem está mais ou menos como essa, mas não tinha pensado limpar assim, pensei que o aluminio ficasse todo riscado e feio... Tentei limpar com uma palha de aço fina (Bravo) mas o resultado não foi muito animador, dor de braços e a tampa quase igual! Isso é alguma escova própria para aluminio ou é escova de aço normal?

alex disse...

Boas! Vais deixar essas peças em aluminio assim ou leva algum tratamento? A minha tampa de embraiagem está mais ou menos como essa, mas estava com medo de usar escova de aço porque tinha medo k riscasse muito... Se calhar vou ter que ir por aí, porque estou farto de esfregar com coisas menos abrasivas (Bravo dos tachos) mas há partes que não sai...

Rui Tiago disse...

Bom dia Alex. Eu limpo as tampas de alumínio sempre com escova de aço rotativa. Começo por usar um canivete para tirar a "maior", e depois depende do tipo de sujidade. Se estiver seca, escova de aço, mas se tiver gordura ou óleo, lavo primeiro com gasolina e só depois de seco é que uso a escova. De preferência uso escovas que já tenham os fios de aço torcidos no sentido de rotação porque assim não riscam quase nada ou nada mesmo. Vou tentar fazer um post acerca do assunto.
RT