quarta-feira, 13 de junho de 2007

Farolins traseiros MKI - A conversão.

Quando comprei este Mini, vinha equipado com os farolins traseiros do Mini 1000, que eram uma transformação muito comum nos anos 70, para dar um aspecto mais moderno ao carro. Hoje parece absurdo fazer tal coisa, mas a verdade é que foi raro o 850 que escapou a esta moda. A principal dificuldade em desfazer este trabalho, é o facto de os farolins mais recentes usarem uma abertura na carroceria muito maior, o que torna necessário encontrar um bom bate-chapas ou então fazer como eu, mandar vir as peças novas da Minispares (30€ o par) e com um bocadinho de habilidade e paciência, qualquer um consegue resolver o assunto. Primeiro passo: Desmontar a mala, o depósito de gasolina, os farolins e o pára-choques, para tornar mais fácil a operação e evitar estragar alguma coisa com as limalhas incandescentes...Quando o assunto envolve uma rectificadora, o melhor é garantir a saude dos vidros e da pintura, bastando isolar bem com papel grosso...A preparação da chapa envolve retirar os bocados que foram batidos para dentro na montagem dos farolins do 1000...As peças próprias para o trabalho! Estas vieram da Minispares e custaram á volta dos 30€ o par. Só pelo trabalho que poupam, valem muito a pena...Alinham-se as peças com a corroceria. Neste caso havia um outro 850 (original) ao lado que serviu para confirmar as medidas, a fim de evitar deixar tudo torto. Resultou muito bem...Depois solda-se tudo com a "semi-automática", e rectificam-se as soldaduras...Aplica-se o betume de pedra para alisar as imperfeições...Repete-se a dose no outro lado..., e se possivel aplica-se tinta ou aparelho para evitar a ferrugem enquanto aguarda pela estufa!Convem montar tudo no sitio para ter a certeza que está tudo bem antes de pintar..., e está!!!
A tão esperada "cosmética" do EA... está finalmente pronta! Para a semana segue para a pintura...

RT

Sem comentários: