terça-feira, 27 de maio de 2008

A viagem mais louca do mundo - II

Após sairmos de Esposende as coisas começaram a melhorar. O painal do rádio apareceu dentro de um saco da roupa, o dínamo parecia que ia aguentar mais qualquer coisa, ou então já se tinha desintegrado, mas como a luz continuava apagada, continuamos......até aqui. Não me lembro do nome da localidade (não tenho o diário comigo...), mas sei que era na estrada que liga Esposende a Viana do Castelo. Não podia deixar de parar...Um parque todo vedado, mas com um recheio de ficar pasmado. Sinal de que os clássicos já são negócio por todo o lado...
-Fiat 1100 ou 1200. Os entendidos em Fiat que me confirmem qual dos dois é que usava aqueles frizos laterais porque eu não me lembro...
Claro que tambem havia um Mini...Um Vauxhall, acho eu...Era só escolher o modelo favorito... ...de quatro ou duas rodas......pequenos ou grandes......mas sempre antigos! Infelizmente não apurei mais dados nenhuns acerca deste sitio, mas deve haver por ai quem saiba alguma coisa, não???Uma "Vai cinco"... A cara de espanto do Sr. da foto deve-se a duas coisas. Porque é que alguem estava a fotografar a sua motorizada, e que barulhão era aquele que saia do Minizito vermelho que parou ali??? Pois..., há cada figura mais triste...E mais uma...Calor, muito calor..., mas não podiamos ir ao norte sem cá passar.Neste dia de 40º foi uma verdadeira promessa chegar lá acima com o Mini. O ponteiro da temperatura parecia que ia entrar em órbita......, mas tudo acabou bem! Subimos, descemos, e ainda conseguimos mais um segundito para a foto. O dínamo estava mesmo a estoirar de vez...O resto da tarde foi de descanso para a máquina. Aproveitámos para passear pela cidade porque vale sempre a pena, Viana do Castelo é sem duvida uma das cidades mais bonitas da Europa......e não só pelos monumentos e pela paisagem. Para um apreciador, estas obras tambem são turismo. Temos o turismo balnear, turismo rural, turismo de habitação, e agora temos o "turismo da ferrugem". É inevitável tirar fotografias de todos os carros antigos que encontramos. Um 120Y com umas jantes muito giras e fora do vulgar. Podia ignorar isto??? O fim de semana estava no fim, o que queria dizer que no dia seguinte teria que ir á procura de um sitio que reparasse o dínamo ou me vendesse um, senão estávamos mal...
Total de km's do dia: 91
RT

2 comentários:

Americo disse...

Bem mais um pouco e estava na minha terra(Ponte de Lima) tambem uma linda terra.... e claro com alguns minis por cá:) incuindo o meu

Rui Tiago disse...

E quem disse que não estivemos??? Calma..., tudo a seu tempo...
( é que não tenho o diário aqui comigo e estou a fazer tudo de cabeça, mas não me iria esquecer nunca de Ponte de Lima...;) )