quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Renault Clio 1.9D - Por um triz...

O nosso Clio finalmente chegou aos 160.000 km's e como tal, a correia de distribuição tinha que ser substituida. Comprei o material necessário para a revisão, comprei o kit de distribuição e..., esperei. Esperei até que a baiuca estivesse vazia, para que nada atrapalhasse nada. Minis e Clios á mistura, sem tempo e paciência para resolver tudo ao mesmo tempo, ia dar confusão, e por ter esperado tanto, o Clio chegou quase aos 166.000 km's...Como ia demorar e queria usar o guincho eléctrico para segurar o motor, o "bicho" foi mesmo para o lugar lá do fundo, em vez de ficar na zona do portão como é costume nos trabalhos "rápidos"...Quatro parafusos e o espaço disponivel aumentou bastante. Quase parecia fácil enfiar ali as mãos......e as surpresas começaram cedo. Esta correia tem menos de um ano, e para o cliente, o responsável é quem a compra. É complicado ter que assumir as responsabilidades do material de terceiros. A sorte é que este é meu e escusei de ralhar muito comigo (???)...Já sem o apoio direito e as tampas, a distribuição continuava "apertada" naquele espaço infimo para quem tem as mão como as minhas, mas enfim...
-"Vamos lá pôr isto a ponto para desmontar..."E silêncio durante uns segundos! Fiquei de boca aberta a ver isto! O meu motor escapou a uma reparação por um triz. Não sei quanto mais aguentaria esta correia, ou se fez muitos quilómetros assim, mas a verdade é que me arrepiei de alto a baixo a ver isto. -"Meu rico motor e meu rico dinheirito, que isto foi mesmo á conta..."Esta correia tinha 68.000 km's aproximadamente, e ao fazer esta fotografia, senti mais alguns fios de nylon a estalar e partir no interior. A correia estava de facto muito ressequida , apesar de já ter visto algumas a fazer 100.000 km's sem problemas. O meu record pessoal foi trocar uma num VW Passat com quase 300.000 sem nunca ter sido substituida desde novo, pois o dono desconhecia essa operação. E não estava tão má como esta...Refeito do susto e contente por finalmente algo estar a correr pelo melhor, chegou o momento de trocar o "passador" e o "tensor". O tensor também já estava a "cantar"...Como o espaço é tão pouco, é melhor ter a certeza que são iguais antes de andar a partir a cabeça, e só depois descobrir que um furo ou outro é mais pequeno ou está num sitio diferente. Já tem acontecido perder bastante tempo para encaixar algo no sitio, e só mais tarde verificar se as peças são absolutamente iguais. Mesmo novo, o material pode apresentar falhas...Tempo ainda para dar uma vista de olhos na rela do bloco, e apesar de estar com bom aspecto, a verdade é que este procedimento é apenas para descargo de consciência, porque elas apodrecem de dentro para fora e só quando rompem é sabemos. Pelo menos não está a correr nada, pelo que não a substitui...Correia nova, tensores novos e já trabalha..., ainda que num espaço tão justo......e por hoje fica assim. O frio já está a atacar os pés e as mãos e há para aí um jantar de javali, com respectiva abertura de um barril de água pé nova e castanhas á minha espera, e acredito mesmo que é uma falta de educação deixar tão prezada iguaria arrefecer muito tempo. Como vou estar uns dias em casa, o trabalho pode ficar para amanhã para variar, até porque sinto que já ganhei o dia...

RT

1 comentário:

André disse...

em quanto lhe ficou o kit de distribuição?

cumps.