quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Austin 8 - Caixa de velocidades

Ainda ás voltas com o motor e a caixa do Austin 8, hoje conseguimos começar a procurar e reparar as fugas de valvolina da caixa. Basicamente perdia por todos os lados e por isso foi fácil de decidir onde intervir.De tamanho reduzido, esta caixa de quatro velocidades e marcha-atrás (1ª não sincronizada), não deve pesar mais de 20 Kg's...
Falange traseira: Retentor de "sola". Vai ser substituido por um de borracha mais moderno...
Rolamento de embraiagem, ou melhor dizendo, carvão de fricção da embraiagem. Antes de usarem rolamentos, os automóveis contavam com estes carvões de grafite para operar a prensa da embraiagem. Bastante resistentes á fricção, estas peças de grafite rija duravam muito mais do que se poderia pensar...Tampa frontal: Já com o conjunto do veio do rolamento fora, a tampa da frente estava finalmente acessivel para desmontagem. O sistema de vedação é do tipo "sem-fim", onde canais espirais actuam sobre o veio da caixa e por acção da rotação desse mesmo veio, acabam por puxar a valvolina para dentro da caixa. A reparação deste tipo de fugas envolve a substitução da paça antiga, mas vamos tentar outra solução...E finalmente a tampa da alavanca das velocidades. Apesar de ser em cima da caixa, esta tampa estava a deixar passar lubrificante para fora, por isso foi tirada e limpa, a fim de receber uma junta nova. Assim que o material chegar mostrarei mais fotos.
RT


Sem comentários: